O Brasil tem mais de 1 milhão de salões de beleza. Os números mostram que esse é um setor que não se abalou com a crise econômica e continua rentável e promissor, impulsionado por homens e mulheres que não abrem mão dos cuidados pessoais.

Não é à toa que o Brasil é o 3º mercado global de beleza, ficando atrás apenas da China e dos Estados Unidos, e por aqui a população gasta, nada menos que R$ 36 milhões com os cuidados de beleza por ano.

Outro fator que contribui para que esse setor cresça, na contramão da crise, considera que cuidar da beleza vai além dos tratamentos estéticos, tem a ver com autoestima e bem-estar. Por isso, os tempos de dinheiro mais curto diminuíram a frequência nos salões, mas o público não deixou de ir. Afinal, tem gente que pode até não comprar uma roupa ou um sapato, e adiar a ida a um restaurante, mas não abre mão de estar com os cabelos e as unhas perfeitos. Mais da metade do faturamento dos salões é exatamente o corte e a tintura, e os serviços de manicure respondem, em média, por 23% do faturamento.

Investir nesse ramo, se tornou uma saída para quem perdeu o emprego e pegou o dinheiro da rescisão para investir em um negócio próprio, já que os custos para abrir um salão não são tão altos. Os pequenos demandam um investimento médio de R$ 1.500.

Beleza Masculina

Nesse mercado, as mulheres não reinam mais absolutas. É cada vez maior a quantidade de produtos e serviços direcionados para o público masculino. Além de perfumes e cremes, os cuidados com a barba ganharam tanta força que não faltam oportunidades de negócios. Nos últimos anos, vários estabelecimentos foram abertos, muitos dentro de Shoppings, fazendo barba, cabelo e bigode de um jeito personalizado.

Prepare-se antes de empreender

Como qualquer empresa, um salão de beleza, ou uma barbearia, precisa ser bem administrado para que funcione e dê lucro. Não bastam profissionais dedicados, um espaço confortável e bem localizado, e uma clientela fiel. É essencial ter uma boa gestão para que o empreendimento sobreviva. Para isso, antes de se jogar de cabeça no sonho de abrir o próprio negócio, considere algumas necessidades:

Faça um plano de negócios

Um dos grandes erros dos empreendedores desse ramo é acreditar que o conhecimento na área de beleza é o bastante para tocar o negócio. Trabalhar e empreender são coisas diferentes! O planejamento estratégico ajuda a ordenar as ideias, as necessidades e as prioridades. E ele ajuda a responder questões cruciais, como: “Qual é a missão do meu salão?”, “Quem é o meu público-alvo?”, “Como vou divulgar os meus produtos e serviços?”, “Quais são os custos fixos e variáveis da empresa?”, “Qual será o meu lucro mensal?”, “Em quanto tempo terei de volta o investimento realizado?”, “Quem são os meus concorrentes e os meus parceiros?”.

Trace objetivos

Saiba exatamente onde você quer chegar e faça com que as suas metas sirvam de impulso. Pense no que deverá alcançar em curto, médio e longo prazo.

Separe os gastos

Sem um controle preciso dos gastos e ganhos, não se sabe quanto o empreendimento, de fato, custa e o quanto lucra. Separe as contas pessoais das contas da empresa, considere a concorrência e ofereça diferenciais para se destacar.

Invista nas redes sociais

Ter uma forte presença nas redes sociais é obrigação para a sobrevivência e crescimento dos negócios. Mais do que uma ferramenta para atrair novos clientes, as mídias sociais podem fidelizá-los. Ofereça descontos em sorteios ou promoções válidas somente para aqueles que seguem seu perfil. Divulgue fotos do seu trabalho, deixe seus clientes atualizados das novidades do seu salão.

Uma análise de mercado é primordial para um planejamento mais preciso e também é necessário fazer um curso de administração de salões.

Se você não tiver condições financeiras, ou se não for o seu foco administrar um negócio, ainda assim, o mercado da beleza oferece inúmeras opções para cabeleireiros, maquiadores, esteticistas, manicures, barbeiros, podólogos e demais profissionais que querem empreender. Abaixo, citamos algumas áreas onde pode valer muito a pena investir.

Manicure Delivery

Esse não é um serviço novo, mas continua dando bons resultados. Se você possui a habilidade de fazer unhas, pode ganhar dinheiro trabalhando em um salão ou oferecendo o seu serviço em domicílio. Anuncie no WhatsApp ou nas redes sociais e comece a ganhar um dinheiro extra.

Maquiagem Delivery

Muitas pessoas não têm tempo para ir ao salão e estão dispostas a pagar um pouco a mais para profissionais que as atendam em casa. Capriche na make e ganhe as clientes.

Aulas de Maquiagem

Se você possui boa experiência e capacidade para ensinar, ministrar cursos de maquiagem pode ser uma ótima opção de renda. Você pode divulgar e vender os seus cursos pela Internet.

Maquiagem para espetáculos

Companhias de teatro, animadores de festa, dançarinos... O mercado de beleza para shows e espetáculos é muito amplo e diversificado. Tem lugar para todo mundo.

Beleza na terceira idade

A pessoas estão vivendo cada vez mais e querem chegar à terceira idade saudáveis e bonitas. Então, que tal investir em um serviço especializado para esse público?

Spa em casa

A comodidade é o grande diferencial desse serviço. Você pode oferecer serviços de beleza e estética e até massagens no lugar que o cliente desejar.

Beleza Afro e outras Etnias

Grupos étnicos bem caracterizados como os negros, orientais e indígenas. Esses grupos requerem cortes de cabelo, maquiagem e tratamentos estéticos específicos e você pode ganhar dinheiro se especializando nisso.

Visualizações: 161