Todo ano, milhares de brasileiros tentam abrir o próprio negócio. Ao longo da minha carreira de mais de 20 anos empreendendo e também atuando como Coach de diversos empresários, consegui identificar que existem três perfis distintos de empresários: o Aventureiro, o Tradicional e o de Sucesso. Qual deles é você?

O Empreendedor Aventureiro é aquele que começa um negócio movido pelo sonho de empreender ou por enxergar em determinado ramo uma oportunidade. É, por exemplo, aquela pessoa que começa um negócio que está “na moda”. Ele não possui experiência nem em gestão nem na área. Sua equipe é formada por amigos e a remuneração é desorganizada. O controle financeiro é mínimo e, muitas vezes, o empreendedor age de forma precipitada e adquire dívidas com as quais não consegue arcar. Diante disso, o negócio não cresce e, em pouco tempo, ele acaba fechando as portas.

Já o Empreendedor Tradicional é aquele que é expert no ramo em que trabalha. Geralmente são profissionais que trabalharam por anos em determinada área e decidem empreender. Muitas vezes, é aquela pessoa que passou anos e anos trabalhando naquele ramo e juntando dinheiro para começar o próprio negócio. Porém, embora conheça a área de atuação e seja apaixonado pelo que faz, esse profissional não possui experiência ou conhecimentos em gestão. Sua equipe é formada por familiares e, mesmo com pessoas de confiança ao seu lado, ele se sobrecarrega de responsabilidades para tocar sua empresa, consequentemente, está sempre cansado e estressado. Tem pouco controle da produção e o foco de suas finanças é apenas pagar as contas da empresa para que o negócio continue funcionando. O crescimento de empresas geridas nessa linha é cíclico, cheio de altos e baixos.

Por mais que esses dois perfis estejam presentes em boa parte dos novos empreendedores, ambos têm seu prazo de validade. O negócio do Aventureiro dura, em média, de seis meses a um ano, enquanto o do Tradicional, de três a cinco anos. Ambos costumam terminar deixando um saldo de desgaste físico, emocional e financeiro para os donos do negócio.

O perfil do Empreendedor de Sucesso é aquele cujo foco não está na oportunidade de negócio nem na experiência no ramo, mas sim em gestão. Esse é o perfil certo para empresas sustentáveis, modernas e que possibilitem resultados excepcionais. Esses empreendedores são apaixonados por resultados e têm paixão por gerir, por isso são experts nisso. As equipes são formadas pelos melhores profissionais do mercado, que recebem salários acima da média. O controle financeiro conta com um fluxo de caixa anual, que inclui balanço patrimonial e gestão orçamentária. Tudo isso resulta em crescimento 30% acima da média do setor e suas empresas podem durar por gerações.

Podemos resumir esses três estilos a uma simples pergunta: O quanto você entende e foca em gestão? O Empreendedor de Sucesso é aquele que está buscando constantemente aperfeiçoar sua gestão, incluindo gestão financeira, de pessoas, de marketing, de processos, etc. Mas se você percebe que hoje não vem procurando, de fato, melhorar a sua gestão, encontra-se mais próximo do perfil Aventureiro ou do perfil Tradicional.

A boa notícia é que o perfil do Empreendedor de Sucesso pode ser desenvolvido em qualquer pessoa, tudo que você precisa é redirecionar seu foco, procurando cursos, livros, treinamentos, amigos e até ambientes que o ajudem a adquirir cada vez mais know how sobre o aspecto mais importante de qualquer negócio de sucesso: Gestão.

O que você decide fazer hoje para se tornar o empreendedor que a sua empresa merece e precisa que você seja?

Visualizações: 175