A pergunta que muitos fazem é: “Este mercado dá dinheiro?”.

Um dia perguntaram a um grande empresário do setor imobiliário se o mercado ainda “dava” dinheiro. Ele respondeu: “Você perguntou de forma equivocada. A pergunta correta seria: Como você se preparou ou faz para ganhar dinheiro no mercado imobiliário?”.

É possível ter resultados expressivos em qualquer empresa, de qualquer ramo, qualquer profissão. Não existem profissões que dão dinheiro ou não. Existem profissionais preparados e despreparados. Poucos se propõem a serem especialistas no que fazem.

Estudos mostram que uma pessoa precisa de sete anos de treinamento e prática para ter sucesso em qualquer área, porém, poucas pessoas permanecem focadas em um objetivo por sete anos. Falando sobre negócios, há pessoas que querem resultados em três meses. Sério!

Quem começa um novo negócio e tem excelentes resultados imediatos não é apenas uma referência, está fora da curva. Vou repetir dizendo que não é o padrão ganhar muito em qualquer negócio no início, justamente porque esse início é um tempo de aprendizado. Aí acontece a tríade: Aprender, Crescer e Mudar. Mais uma vez, muitos podem até sair do padrão, e parabéns a essas pessoas, mas não é o normal. Existe uma curva de maturação que precisa ser compreendida em qualquer negócio e que, segundo especialistas, pode ser de cinco a sete anos.

Vamos exemplificar uma ação por um mercado novo, mas com crescimento inquestionável em todo o mundo, o Network Marketing ou Marketing de Relacionamento.As primeiras empresas deste ramo surgiram na década de 40. A primeira empresa vendia vitaminas, logo surgiram as empresas que comercializavam cosméticos, utensílios domésticos e hoje existem empresas que comercializam tudo.

Esse é um mercado testado e aprovado em quase 80 anos de evolução, representando números expressivos das vendas diretas nos EUA, Japão, países da Europa e com grande força e crescimento no Brasil. Aqui, o Mercado de Vendas Diretas movimenta aproximadamente R$42 bilhões ao ano, sendo ainda um número pequeno, através do mercado da formação de rede.

John Bremer, autor do livro Como Ficar Rico com Network Marketing, diz que você precisa fazer 1.250 apresentações para ter sucesso em um negócio nesse modelo.

- Se você fizer uma apresentação, exposição do seu negócio todo dia, são três anos e meio para o sucesso.
- Se fizer uma apresentação dia sim, dia não, são sete anos para o sucesso.
- E quem participa apenas de uma reunião semanal, ou seja, trabalha apenas quatro vezes por mês, levará mais de 40 anos para alcançar o resultado que sonhou.

Outros especialistas afirmam que para dominar qualquer área são necessárias 10 mil horas de prática e execução daquela tarefa. Quem praticar por quatro horas, todo dia, obterá êxito ao fim de sete anos.

Com esses dados, o meu desejo é trazer consciência e motivar em cima de uma realidade em qualquer negócio ou mercado. Muitos desenvolvem para ver se vai dar certo, mas uma coisa é fato: Já dá certo! Funciona! Apenas é preciso encontrar as ferramentas para isso. Em toda trajetória existem obstáculos e interferências, e para cada uma delas existem ferramentas e recursos.

Com essa consciência, você precisa apenas escolher como vai trabalhar: Como um SORTUDO, como AMADOR ou como um PROFISSIONAL? Vamos perceber a visão de Erick Woore, ícone dessa poderosa indústria.

O SORTUDO

O sortudo aparece numa reunião ou outra e depois de três semanas já está cansado. Não participa de todos os treinamentos, de todas as convocações, não se aconselha... ele tenta encontrar a sorte, porém, esqueceu que sorte é quando a Oportunidade encontra a Preparação.

Em negócios, não se treina apenas velocistas, se preparam maratonistas. Não é quem chega primeiro, é quem chega! Todos devem chegar e todos têm a mesma oportunidade. O sortudo conta somente com a sorte, porque não trabalha o negócio.

O AMADOR

O amador gosta das reuniões, gosta dos palestrantes, gosta de tudo quando ele está junto, pois quando está sozinho não faz nada. Não tem hábito de leitura, não se especializa no assunto. Gosta de tudo, mas não se envolve como deveria.

O amador, se não tiver a consciência de que o amadorismo é um caminho para o profissionalismo, será um sortudo avançado! Um dos maiores indicadores para saber em que momento se está vivendo, como amador ou profissional, é que o AMADOR paga para fazer o que o PROFISSIONAL recebe para fazer.

A melhor e única consciência que você precisa ter neste momento é a de que o caminho para o profissionalismo passa pelo amadorismo; entender essa fase é fundamental para chegar lá.

O PROFISSIONAL

O profissional está sempre em um ESTADO diferenciado, está sempre sorrindo; para ele está tudo sempre bom, mesmo diante de situações mais difíceis. Ele tem postura, tem linguagem e foco. Não transparece as suas dores; comparece a todas as reuniões e eventos, se conecta com sua linha ascendente, faz reuniões semanais, etc.

O profissional aprimora continuamente as ferramentas que tem, além de adquirir novas.
Se no seu negócio você é um amador, gasta para fazer, gasta com treinamento, investe tempo e muito esforço. Porém, não pode enxergar apenas o PRESENTE.

O profissional pensa em INVESTIMENTO. Investe em treinamento e investe em treinar a sua equipe. A concepção é diferente. Ele tem visão de FUTURO. O profissional tira tudo de dentro de si para mudar as circunstâncias e a sua realidade fora.

Como você tem se comportado diante dos seus negócios? Como Profissional ou Amador?

Visualizações: 171