Um clamor pelo Brasil. A noite de abertura do 19º Congresso de Resgate da Nação, em Porto Seguro/BA, trouxe a reflexão sobre o povo que ora e se dedica para ver as mudanças na Nação. Do louvor às ministrações Deus reservou grandes experiências para lembrar aos congressistas que, em quase duas décadas, o legado de mudanças tem alcançado o favor de Deus e a Nova Geração.

Com base em I Reis 13, o Apóstolo Renê Terra Nova destacou a história do Profeta Velho que quis ofuscar o manto de autoridade do Profeta Novo. "Deus vai destruir altares velhos e arrancar as cinzas e  aqueles que servem ao Senhor vão ver a Nova Geração, a geração que governa".

Resgatando a história desse legado de transformações, o Apóstolo enfatizou algumas mudanças profetizadas no altar do Útero da Nação. "Foi profetizado, nesses 19 anos, aqui em Porto Seguro, que Deus iria mudar o cenário político. Parecia que não iria acontecer o que estamos vendo hoje, mas o  Brasil começou a ver que essa Nação será passada a limpo, porque Deus não está brincando com as mudanças. Esta Nação é de Profeta, é de Apóstolos, e Deus vai nos usar para mudar este país", profetizou o Apóstolo para a multidão.

Ato Profético - O primeiro Ato Profético do Congresso de Resgate da Nação 2018 teve como tema: Cidade de Deus, a Conquista do Território do Avivamento. A encenação foi baseada no texto de Jeremias 32, em que o Profeta se encontra diante de um grande dilema: pagar ou não o preço por uma terra onde aparentemente não há mais vida.

Jeremias se apega à promessa do Eterno e decide romper as limitações e ver a provisão divina no território. O teatro mostrou, em paralelo, os desafios da nação brasileira em diversas áreas, mas com um final glorioso: A oração do exército de Deus quebrou as cadeias das limitações terrenas e espirituais.

Visualizações: 734