“No amor não há medo antes o perfeito amor lança fora o medo.” (I João 4:18)

A Bíblia diz que somos de Deus, mas o mundo jaz no maligno. “Sabemos que somos de Deus, e que o mundo jaz no maligno.” (I João 5:19). Mesmo sendo filhos de Deus, não estamos no Céu, moramos neste Planeta chamado Terra. E, quanto à Terra, quanto ao mundo, a Bíblia diz que ele está sob o domínio do maligno. E viver em um mundo que está sob o domínio do maligno tem consequências seríssimas, porque faz com que os dias sejam dias maus. Por isso, somos ensinados, através da Palavra, a remir o tempo, porque os dias são maus. “Remindo o tempo; porquanto os dias são maus.” (Efésios 5:16)

Quando não temos a consciência de que somos cidadãos dos Céus, habitando em um Planeta governado pelo inimigo, sofremos os dias maus sem saber remir o tempo, sem viver com a autoridade que nos foi conferida por Deus.

Com tudo isso, nossas emoções são muito atingidas e é nossa missão lutar para alcançar a mente de Cristo, uma mente ungida que pensa pelos padrões do Céu e não pelos padrões da Terra. Atingidos nas emoções, sofremos consequências sérias como o MEDO. Na parte final deste estudo, vamos aprender sobre alguns pontos importantes como:

POR QUE TEMOS MEDO

Em nossos dias, somos assolados por notícias assustadoras. Epidemias, casos de surtos inesperados, doenças para as quais ainda não se encontrou um medicamento preciso, afora as circunstâncias de perigo, bandidos soltos conhecidos e desconhecidos, em verdadeiro pavor.

Diante de tudo isso, o medo, que deveria apenas ser uma reação a algo ou a alguém, ou ainda a um estímulo físico ou mental (interpretação, imaginação, crença), deixou de representar um alerta no nosso organismo para se tornar um mal na nossa alma.

Porque temos medo de inúmeras situações, o que antes era apenas uma reação, uma resposta do nosso físico que libera hormônios, como a adrenalina e o cortisol, agora fez com que o nosso organismo chegasse a um nível muito alto de estresse. Estressados, não estamos preparados para vencer o medo, para lutar, pelo contrário, estressados, adoecemos cada vez mais.

O medo, que era para ser natural, transformou-se em uma doença, uma fobia que comprometeu nossos relacionamentos e adoeceu a sociedade emocionalmente.

Pessoas no mundo todo escondem um pavor na alma que faz com que sofram psicologicamente.

Claro que alguns medos que adquirimos são provenientes de traumas que vivemos na infância, adolescência ou fase adulta. Traumas nos fazem guardar na lembrança um medo instintivo. Mas a questão não é apenas quando o medo foi originado, e, sim, por que temos medo mesmo após receber Jesus, mesmo sabendo que a Bíblia diz que o verdadeiro amor lança fora todo o medo e que com Jesus não há o que temer.

Independente do porquê do medo, a Bíblia nos ensina a sermos fortes, corajosos. A coragem é antônima ao medo. O medo aprisiona; a coragem liberta. O ato corajoso de Jesus na Cruz nos fez mais que vencedores.

VENCER O MEDO
“Porque Deus não nos deu o espírito de medo, mas de poder, de amor e de moderação.” (II Timóteo 1:7)

Se vencer o medo é possível do ponto de vista psicológico, imagine do ponto de vista bíblico. A Bíblia afirma que Deus não nos deu o espírito de medo, de covardia, mas de amor. E sabemos que o amor lança fora todo o medo.

O medo é um sentimento que nos paralisa, deixa-nos sem ação. Deus não nos fez para termos medo. Na verdade, nem de Deus devemos ter medo, pelo contrário, devemos ter temor, ou seja, respeito, reverência.

O livro de Provérbios, já no capítulo 1, começa falando sobre o temor, o respeito que devemos ter a Deus. Mas, na verdade, todo o livro de Provérbios fala do temor a Deus e das bênçãos para quem O obedece. “O temor do Senhor é o princípio do conhecimento; mas os insensatos desprezam a sabedoria e a instrução.” (Provérbios 1:7). “O temor do Senhor encaminha para a vida; aquele que o tem ficará satisfeito, e mal nenhum o visitará.” (Provérbios 19:23). “No temor do Senhor há firme confiança; e os seus filhos terão um lugar de refúgio. O temor do Senhor é uma fonte de vida, para o homem se desviar dos laços da morte.” (Provérbios 14:26,27)

Creio que muito do medo que a humanidade carrega no peito é devido à falta de temor a Deus. Quando João escreveu que “No amor não há medo antes o perfeito amor lança fora o medo.” (I João 4:18), é porque o amor de Deus nos envolve de uma forma tão sobrenatural que nos sentimos livres e somos aperfeiçoados no Seu amor.

Uma das provas de que Deus não quer que tenhamos medo é que, por diversas vezes, advertiu homens a não terem medo. Foi assim com Josué, com Gideão e é assim conosco também.

Em Josué 1, vemos a forma como Deus trata com ele em uma situação de medo porque deveria substituir Moisés, o maior líder que os hebreus conheceram. Também somos encorajados quando lemos a história de Gideão, em Juízes, pois ele venceu com um exército de 300 homens apenas.

Encontramos ainda muitos outros personagens bíblicos como Abraão, Moisés, Daniel, e mulheres como Débora, Jael, Hulda, etc. E é muito confortável ler Isaías 41:10 e saber que a ordem divina é: “Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça.”

Sei que os dias são maus e que a única forma de vencermos o medo é voltando os olhos para Deus e para a Sua Palavra, sem olhar para o que está acontecendo ao nosso redor. Porque se formos olhar para as notícias e para tudo que vem acontecendo, vamos deixar que o medo tome conta da nossa alma e enfraqueça a nossa fé.

Nossa confiança precisa estar em Deus. Ele é o Autor e Consumador da nossa fé. Se não colocarmos a nossa confiança nEle, não teremos êxito. Por isso, em muitos momentos difíceis, Davi declarava, através dos Salmos, que olhava para o Alto e que sua confiança estava no Senhor. “Em Deus ponho a minha confiança, e não terei medo; que me pode fazer o homem?” (Salmos 56:11)

Se queremos vencer o medo, teremos que nos apegar à Palavra que nos dá esperança. Porque nascemos de novo, não podemos aceitar ser paralisados e ter as mesmas ações de quem não conhece a Deus. Sabemos que o mundo jaz no maligno, mas nós estamos em Deus. Então, prossigamos nossa caminhada de fé.

Visualizações: 4302

Plano de Leitura Bíblica

25 Dez
Jó 34
Zacarias 10
Apocalipse 10 e 11
26 Dez
Jó 35 e 36
Zacarias 11
Apocalipse 12 e 13
27 Dez
Jó 37
Zacarias 12
Apocalipse 14
28 Dez
Jó 38
Zacarias 13 e 14
Apocalipse 15 e 16
29 Dez
Jó 39
Malaquias 1
Apocalipse 17 e 18
30 Dez
Jó 40
Malaquias 2
Apocalipse 19 e 20
31 Dez
Jó 41 e 42
Malaquias 3 e 4
Apocalipse 21 e 22