O pleno exercício do sacerdócio no lar foi a abordagem principal na manhã desta quarta-feira (19), no auditório do Congresso de Resgate da Nação, em Porto Seguro (BA). Viver o modelo bíblico, a partir do testemunho dos sacerdotes e cônjuges, foi o aspecto principal da ministração do Apóstolo Terra Nova. A manhã também foi de novidades com o lançamento do mais novo trabalho musical dos líderes do Ministério de Louvor e Adoração do MIR, Apóstolos Gilmar e Ana Márcio Britto. 

Tendo como base a palavra da noite anterior, sobre o homem de Gadareno (Marcos 5:1-5), o Apóstolo Renê Terra Nova enfatizou que a missão dos cristãos é voltar para casa e demonstrar o que Deus fez de mudança nas suas vidas. "A libertação de Jesus fez com que o homem evangelizasse uma multidão. A sua casa é o maior campo missionário para revelar a nova identidade de Cristo".

Presente em mais uma edição do Congresso de Porto Seguro, o Apóstolo norte-americano John Kelly ressaltou a importância de os pais manterem a saúde espiritual da família. "Os pais devem ser ajudadores e precisam ter os corações restaurados para que vejam os filhos fazerem coisas maiores do que já fizeram. Os pais não podem ser matadores dos filhos e filhas. Jesus tinha um coração do Pai, e Ele deixou a promessa de que coisas maiores iríamos fazer."

Lançamento 

"Viver Família" é o novo CD dos Apóstolos Gilmar e Ana Márcio Brito. O álbum é composto por seis faixas que retratam a construção da história familiar do casal. Renovação de aliança, santidade e reverência ao Criador são as principais mensagens que devem abençoar muitos casamentos e lares cristãos.

Desafio

Com o foco em um tema polêmico, o Apóstolo Arão Amazonas ministrou sobre os desafios sociais e políticos da Igreja diante da ideologia de gênero, que defende a ideia de que não existem apenas a mulher e o homem, mas também “outros gêneros”, que qualquer pessoa pode escolher um deles para viver. O tema tem sido discutido nas esferas governamentais e dividido opiniões da população brasileira. "Temos o papel de enfrentar essa afronta do inimigo para não atraímos maldições para nossas famílias. E para isso vamos tomar a postura de combater e ficar atentos para que nossos filhos não venham a ser influenciados por esse modismo".

Visualizações: 6906