O Domingo chegou. Já eram os últimos momentos do JUMP. Então, todos aproveitaram para "cantar" a Palavra de Deus com a Banda Atrium, e louvar ao Senhor com a Banda Maranata. Também era a última chance de abrir o coração e a mente para ouvir o que Deus tinha a dizer.

Dons reavivados pelo Fogo

A Apóstola Lene Monteiro, líder do JUMP, usou o exemplo de Timóteo para falar sobre os dons que recebemos de Deus e que precisam ser avivados pelo Fogo do Espírito. Muitas vezes, esse fogo se apaga, não apenas por causa de pecado, mas por situações comuns do dia a dia que plantam insatisfação no coração e incredulidade na mente. Ela também exortou os jovens que ouvem músicas seculares, usam roupas sensuais e até consomem bebida alcoólica, embasados em um evangelho progressista.

E falou ainda das renúncias que são necessárias para quem quer viver uma vida cheia do poder de Deus. "Queremos carro, dinheiro, casamento. A maioria dos nossos pedidos são dessa Terra, porém, não pertencemos a este mundo e você não pode estar focado nas coisas daqui. Somos a geração do Céu que quer ver a Glória de Deus".

Unidade

O bom aproveitamento dos dons para influenciar as multidões foi o tema principal da última ministração do JUMP, feita pelo Apóstolo Monteiro. Baseado em Salomão? ele disse que, entre as nobrezas do rei, a que mais impressionou a rainha de Sabá foi a maneira como ele adorava ao Senhor.

O líder do projeto JUMP também enfatizou que as áreas profissionais de cada jovem serão canais para espalhar o Evangelho e valorizou a unidade entre os Estados, para um novo tempo de colheita e multiplicação de vidas. Fogo, Glória e Poder foram derramados sobre os jovens, marcando mais uma edição do maior Congresso de Jovens do Brasil.

Visualizações: 7521