Legitimados para Servir e Frutificar no Reino de Deus - UNÇÃO APOSTÓLICA E PASTORAL

08 Julho 2009
Imprimir

Com um novo legado ministerial, os líderes do MIR, os Apóstolos Túlio de Almeida e Amsterdam Leitão, e a Pastora Josiane Leitão, compreendem que a unção estabelecida nas suas vidas é uma semente que abençoará novos territórios
Um novo legado, uma nova história. A legitimação apostólica e pastoral na vida dos líderes restaurenses, Túlio de Almeida e do casal Amsterdam e Josiane Leitão, durante o Congresso Internacional da Visão Celular no M12, foi marcada por uma nova trajetória ministerial para o Brasil e as nações.

Junto de outras lideranças do país, eles receberam uma unção que ascende a outros níveis de compromissos com a obra de Deus. E para cumprir o chamado estabelecido, cada um expressa a gratidão ao Senhor e entende que é o tempo de intensificar a missão, para qual todos foram convocados.

Segundo o Apóstolo Túlio de Almeida (12 do Apóstolo Renê Terra Nova), Deus confia no caráter dos escolhidos e outorga tarefas que expressarão as características de um embaixador de Cristo Jesus na Terra.

“Deus está levantando um exército para avançar, conquistar e estabelecer a restauração, a reforma e a restituição de Seu verdadeiro Reino. E nos concede a tarefa de prepararmos um povo bem disposto, a fim de manifestar toda Sua autoridade, poder e glória através das nossas vidas. Eu não tenho um emprego, mas um trabalho com grande importância, pois sou embaixador do Reino de Deus”, relatou o líder que entende do dever com intensa alegria.

“Agora estou mergulhando nessa unção e com uma missão de levar e passar o manto que recebi por imposição de mãos e com o coração transbordante de alegria por contemplar a promessa se cumprindo na minha vida. Hoje o nível e o campo de batalha é outro, mas a fé ainda é a minha arma mais poderosa”.

DUPLA HONRA

A bênção na vida do casal Amsterdam e Josiane Leitão, respectivamente Apóstolo e Pastora, 12 da segunda equipe dos Apóstolos Terra Nova, veio como um tempo de restituição ministerial alicerçado por milagres e conquistas.

“Essa honra veio como surpresa e recebemos com muita seriedade e temor, pois cremos que todos os méritos são por causa da Cruz e por termos uma cobertura que nos apascenta e nos estimula a sempre buscar mais de Deus”, enfatizou o Apóstolo Amsterdam.

Para ele, o manto apostólico representa servidão ao Rei dos reis com respaldo dos princípios de santidade e conquistas. “O ministério apostólico é caracterizado por uma unção de milagres, conquistas, intercessão, santidade e pela unção de servir. A unção apostólica é uma unção para servir sendo que hoje sou mais servo do que antes”, destacou o líder que agradece o apoio dos Apóstolos Renê e Ana Marita Terra Nova pela conquista.

De acordo com a Pastora Josiane Leitão, Deus capacita àqueles a quem Ele chama a partir do esforço e ânimo dos Seus eleitos – atitudes essências para o pleno cumprimento das promessas divinas.

“O Senhor é com aqueles que perseveram, lutam, acreditam e que não negociam seu chamado. Se você tem um chamado, não perca tempo. Deixe que Deus lhe conduza a Sua plena vontade e você verá a realização de todos os propósitos na sua vida. Quero honrar ao Senhor e aos meus líderes com seriedade, fidelidade e amor para cumprir tudo o que Deus tem preparado com este novo legado”, enfocou.

Além das lideranças do MIR, o Apóstolo Renê Terra Nova legitimou mais de 100 líderes das Igrejas da Visão Celular no Modelo dos 12, tanto do Brasil como das nações, ao ministério apostólico e pastoral, na terceira noite do 12º Congresso Internacional da Visão Celular no Modelo dos 12.