Rede Isaque e Rebeca: Esperança para uma Geração


Um dos assuntos que mais desperta o interesse das pessoas e, principalmente, da juventude, sem dúvida alguma é o que está relacionado à vida afetiva. Não são poucas as pessoas, dentro ou fora da Igreja, que buscam um começo e até mesmo um recomeço feliz na vida sentimental.

Pensando nisso é que a Rede Isaque e Rebeca, RIR, vem desenvolvendo nas Igrejas do Brasil um impactante trabalho que não se limita às demandas sentimentais apenas da juventude, mas também das várias classes de pessoas e idades, dentre elas, solteiras, compromissadas, noivas, divorciadas, viúvas e até casadas.

Vivemos numa sociedade visivelmente afastada dos padrões morais, valores e princípios estabelecidos pela Palavra de Deus, e, por esse motivo, muitas pessoas, até mesmo dentro das Igrejas, passam por experiências traumáticas em seus relacionamentos amorosos, que afetam suas vidas a tal ponto de descredibilizarem totalmente o casamento.

Para alguns, a palavra casamento soa como uma ideia absurda que remete a um futuro de infelicidade. Há um dito popular que muitos até adotam como filosofia de vida: ‘Antes só do que mal acompanhado’, contrariando a vontade de Deus, que afirma em Gênesis 2:18: “Não é bom que o homem esteja só”, e em Eclesiastes 4:9: “Melhor é serem dois do que um.”

Em contrapartida, encontramos aqueles que até acreditam no casamento e na formação de uma família feliz. Porém, no afã de ver seu sonho realizado ou o desejo da carne suprido, acabam cometendo equívocos que, mais cedo ou mais tarde, resultam em frustrações. O mais extremo dessas situações são aqueles que, na procura pelo par perfeito, acabam passando anos e anos à espera da “pessoa ideal”, que parece nunca chegar.

Enfim, são tantas situações que envolvem as questões da vida sentimental que precisaríamos de inúmeras páginas para mencionar aqui, mas nosso objetivo não é focar os problemas, mas principalmente a solução para tantos anseios e desilusões amorosas.

Nossa missão é ensinar à nossa geração a forma correta de se relacionar amorosamente à luz da Palavra de Deus, pois, esta sim, é infalível: “Bem-aventurado aquele que teme ao Senhor e anda nos seus caminhos! Do trabalho de tuas mãos comerás, feliz serás e tudo te irá bem. Tua esposa no interior de tua casa será como a videira frutífera, e teus filhos como ramos de oliveira à roda da tua mesa.” (Salmos 128:1-3)

Temos ensinado uma geração a viver uma vida de santidade, pois este é o chamado de Deus para todos os Seus filhos: “Sede santos, porque eu sou Santo.” (I Pedro 1:16)

Ser santo é ser separado para Deus, implica em não viver de acordo com os padrões, valores e princípios deste mundo, mas de acordo com os princípios da Palavra de Deus.

Quando alguém entende que no tempo estabelecido por Deus para ‘estar’ solteiro a melhor escolha é viver em santidade, ele pode ter a certeza de que no tempo certo conhecerá seu Isaque, sua Rebeca, e, assim, os passos que o conduzirão até o casamento servirão de modelo para sua geração.

Estar solteiro não deve ser encarado como sinônimo de solidão, mas como oportunidade para crescer no conhecimento de Deus, servir ao Senhor com intensidade (I Coríntios 7:32), buscar uma vida restaurada, além de investir e aproveitar saudavelmente esta boa fase da vida que, como diz o sábio, passará: “Afasta do teu coração o desgosto, e remove da tua carne a dor, porque a juventude e a primavera da vida são vaidade.” (Eclesiastes 11:10)

Portanto, estamos aqui para desafiar você a romper com os padrões do mundo, a viver uma vida de santidade, acreditar no projeto de Deus para sua vida, família, e, desde agora, gerar uma base firme e sólida para a realização do seu sonho: o casamento.

Temos uma aliança com você. É nossa missão instruí-lo na Palavra, e ajudá-lo a vencer o pecado, vê-lo desfrutar as promessas e bênçãos do Senhor derramadas sobre aqueles que escolhem viver em santidade!


Com amor,

Apóstolos José Monteiro e Francilene Monteiro
Líderes da Rede Isaque e Rebeca
MIR – Manaus/AM